Saiba o que é verdade e o que é mito quando se fala em alinhadores estéticos  

Quando o assunto é alinhadores estéticos, muita gente se divide e fica em dúvida sobre colocar ou não, justamente por não saber o que é mito e o que é verdade. Além disso, é grande o número de pessoas que passaram por experiências ruins com o aparelho metálico e acreditam que o tratamento com alinhadores é similar. Pensando nisso, preparamos este texto para esclarecer algumas dúvidas sobre o assunto.  

O tratamento com alinhadores tem a mesma duração do que o tratamento com aparelho metálico 

Mito. Os alinhadores trazem resultados mais rápidos do que os aparelhos convencionais. O tratamento dura em média de 3 meses a 1 ano, dependendo do caso. Mas para que isso aconteça, é importante que o paciente use os alinhadores de forma correta, trocando os pares de acordo com as recomendações do dentista.  

Alinhadores são mais confortáveis 

Verdade. Moderno, leve e prático, o alinhador é feito de acetato transparente e cumpre o mesmo papel do aparelho tradicional, mas de forma muito mais rápida e eficiente.  

Os alinhadores se encaixam perfeitamente aos dentes e podem ser removidos facilmente quando o paciente desejar, facilitando na hora da higienização, alimentação e sem causar dor alguma. Além disso, não fazem volume na boca e não incomodam, nem causam cortes, ao contrário do aparelho metálico.  

O tratamento é caro 

Mito. Com o aumento da demanda, o custo do produto diminuiu e, hoje em dia, é similar ao do aparelho de metal. Agora não tem mais desculpa para adiar o tratamento, hein? 

Quem usa alinhador estético pode comer de tudo 

Verdade. Ao contrário do aparelho metálico, os alinhadores não exigem nenhum tipo de restrição alimentar. Isso ocorre pois eles devem ser retirados na hora da alimentação. Pipoca, maçã do amor, chicletes e outras guloseimas têm passe livre com os alinhadores! 

A higienização bucal não muda  

Verdade. Após as refeições, a higienização deve ser feita da mesma forma que antes do uso dos alinhadores. A única coisa que muda é que os alinhadores também devem ser higienizados antes de recolocados. Basta utilizar água morna e escová-los com a sua escova de dente. Caso prefira, também existem produtos específicos para uma limpeza mais profunda. 

Os alinhadores não são indicados para casos de extrema complexidade 

Verdade. Os alinhadores trazem resultados excelentes para casos de baixa a média complexidade. Eles são indicados para o tratamento de maloclusões, como: sobremordida, dentes apinhados, mordida cruzada, diastemas e mordida aberta.  

Assim, os alinhadores estéticos são uma ótima opção de substituição aos aparelhos tradicionais, dependendo do caso de cada paciente. Faça uma avaliação e descubra qual a melhor alternativa para você!